O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Hello Hallo (ween)


É simplesmente incrível que existam pessoas que não entendam o Halloween. Uma coisa é não gostar, é respeitável e “entendível”. Mas “endemoniar” a data, de forma radical, NO WAY.

Veja o significado do Halloween, em pesquisa na internet:

O Halloween é uma festividade que possui origem antiga, e procede da região onde hoje ficam a Inglaterra, a França e a Alemanha, mas que antigamente era habitada pelos Celtas. Esta comemoração tornou-se comum entre os países de língua inglesa, porém, os Estados Unidos são quem mantém a tradição mais forte, a qual foi levada para lá pelos imigrantes irlandeses e escoceses. É também chamado de dia das bruxas aqui no Brasil e comemorado no dia 31 de outubro em todo o mundo. O dia do Halloween antecede o Dia de Todos os Santos, feriado religioso comemorado no dia 01 de Novembro.

O povo celta acreditava que no dia 31 de Outubro, os espíritos das pessoas mortas voltavam do cemitério para possuir os corpos dos que ainda estavam vivos; uma conotação referente ao dia seguinte, o qual se comemora o dia de todos os santos.

Símbolos do Halloween

Os principais símbolos do Halloween são a abóbora oca com olhos nariz e boca representando uma pessoa e com velas acesas por dentro como símbolo da fertilidade e da sabedoria; as bruxas; o gato preto representando também as bruxas, pois, segundo a tradição, elas possuem a capacidade de se transformarem neste animal; a brincadeira de travessuras ou gostosuras (Trick-or-Treat, em inglês); a vassoura que representa a limpeza de tudo aquilo que é negativo; o morcego, uma alusão à capacidade de enxergar o interior da pessoa e não só o exterior; e a maçã que representa a vida.

"Hallow" é uma palavra do inglês antigo para "pessoa santa" e o dia de todas as "pessoas santas" é apenas outro nome para Dia de Todos os Santos, o dia em que os católicos homenageiam todos os santos. Com o tempo, as pessoas passaram a se referir à Noite de Todos os Santos, "All Hallows' Even", como "Hallowe'en", e mais tarde simplesmente "Halloween".

O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passou ser conhecido como o "Dia das Bruxas".

A brincadeira de "doces ou travessuras" é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas (ou Finados aqui no Brasil), os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha. Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu.


Inspirada nas Monster High, deixo minha homenagem ao dia:


E lembrando de vários personagens legais de terror, um dos gêneros que sempre gostei:


Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email