O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A responsa da marca VOCÊ


Você que me conhece, sabe que eu sou Publicitária. Atuo com Marketing e Comunicação. E sou uma escritora de não livros que um dia quem sabe ainda os escreverá.

Escrever é fluídico para Dóris (eu). E não me chame de bobinha arrogante porque uso às vezes a terceira pessoa. Eu gosto desse efeito. Não sou nojentinha, não.

Pois bem, não é por isso que cá estou escrevendo essas mal faladas (escritas) linhas, criatura.

Vi essa matéria-nota abaixo e me inspirei. Cuida só: “Michelle Obama: A primeira-dama pela qual o mundo se apaixonou", diz a manchete. Justo. Veja o link ao final desse texto.

Ela disse que leva muitas coisas em consideração na hora de escolher um estilista:

Quem são como pessoas?
São pessoas boas?
Eles tratam bem suas equipes?
Eles tratam meu pessoal bem?
Eles são jovens?
Posso dar-lhes um impulso?
Mas... quando tudo isso é igual, eu me pergunto: A roupa é bonita?

Além de admirá-la (e precisamos enaltecer bons exemplos, mas lembrando sempre: eles não são perfeitos, e nem por isso, não admiráveis) pela postura que teve em seu “reinado” como primeira-dama do primeiro-país do mundão, o que ela fez é a postura mais correta que cada um de nós deveria ter com relação a uma marca, seja de empresa, produto, ideia, evento, pessoa. Uma marca que marca o mundo.

Por que? Explico: Somos responsáveis pela marca que construímos de nós mesmos. E sim, isso inclui o que e de que forma consumimos. O consumo é bom, necessário para o círculo virtuoso da economia. Nada acontece sem consumo. De alguma forma, sempre consumimos. Produtos, ideias, enfim... consumimos.

Então, sejamos responsáveis e vamos consumir sempre, mas SEMPRE avaliando todos os caminhos que fizeram aquele produto ou serviço ter chegado até nós. Até o mundo. De quem vieram. Quem os fez. E para onde vão, depois de nós. Consumo realmente, consciente.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email