O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Cuidado com o poder que você dá aos outros


Existem seres não pensantes. Ou se pensantes, pensantes com uma visão míope, tosca, absurdamente má. Limitante, surreal e separatista. Egoísta. Vaidosa e arrogante. O tipo de pessoa que detona o mundo, uma vez que sabe que não conseguirá se salvar, porque tem uma doença terminal. Ou que mata a ex porque se “ela não pode ser minha, não será de ninguém”. Ou que dá um tropeção naquele que está passando e começa a rir como se nada tivesse feito. Imaturo de alma, irresponsável de atitudes.

Com a vitória do novo presidente dos EUA, algumas pessoas compararam um líder político brasileiro, com ele. Em muitos aspectos, e especialmente em termos de crenças, o que ambos acreditam, parece-me sim, ter similaridade.

Alguns comparam a direita dos EUA com a nossa. Creio que não se pode comparar.

E ainda, espero que muitos não queiram a vitória desse líder brasileiro e de seu discurso de ódio. Por favor. Eu nem de longe, quero. Nem mesmo para síndico do prédio. Ui.

Na realidade, algumas pessoas não sabem o que querem ou são. A grande maioria. E a meu ver, não existe relevância em saber isso: direita ou esquerda. Porém, é preciso sim, acima de tudo, saber em quê você acredita. Dizer que “tudo é a mesma merda”, não é a solução.

Parece impossível contemporaneamente, que alguém possa dar atenção ou PIOR, apoio a um líder (imagina se ele for do maior país do mundo, em termos de potência) que diz que “não gosto de mulher gorda” ou “vou construir um muro para barrar a entrada de imigrantes”. Mas aconteceu. Então, tenho medo de muito que surgir por aí.

Álguém pode não estar preparado para opinar de forma lógica

E POR FAVOR, isso não se trata de uma visão de esquerda ou direita: é uma visão de vida.

Na real, cuidado com o poder que você dá aos outros. Especialmente, de quem se trata esse outro. Você pode acreditar no que quiser, mas se você acredita em quem acredita nisso, não me conte:

  • Existem raças mais evoluídas ou superiores à outras
  • Mulheres não podem exercer cargos de poder, e devem constantemente cuidar da estética para serem respeitadas, valorizadas e amadas por seus maridos ou companheiros, e pela sociedade
  • Precisamos dificultar as negociações entre países e restringir a entrada de estrangeiros e suas empresas, para proteger os cidadãos desse país e garantir seus empregos e empresas
  • A sexualidade é uma escolha, não uma orientação. Você pode se curar e deixar de ser gay, por exemplo
  • Todos que defendem uma causa, são essa causa (por exemplo, só negros defendem negros)


E please: existem formas de dizer essas e outras barbaridades. Perceba. A manipulação que existe nas palavras e atitudes.

Isso é muito mais do que coisa de um partido. É sua vida. Minha. Nossa. Não queira um mundo assim.

Pensadores que pensaram sobre o poder e seu efeito:


Textos para se analisar a respeito:


O que fazer agora, como reagir, segundo Michael Moore: http://www.brasilpost.com.br/2016/11/09/michael-moore-trump_n_12884628.html



Pois então. Cuidado. Sempre.
O poder é manipulador.



Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email