O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Somos todos terroristas do terror




Harlem Shake

Vamos começar rindo um pouco... lembram da paródia/sátira/sei-lá-o-que do “Côrno terrorista”? Veja: https://www.youtube.com/watch?v=Lo3G3raQmYg

Já falei sobre o “Harlem”, mas por incrível que pareça, ele envolve uma das maiores sátiras ao terrorismo. Preste atenção. Ele parece ridículo, mas não é. Ou é. Sei lá.




Sobreviventes

Cada um de nós é um pouco sobrevivente também. Da vida.

Mas o que acho incrível é que existam pessoas que não enxergam o horror disso. O horror do terror.

O horror de qualquer atentado ou execução terrorista. De qualquer agressão verbal.

E minimizam os problemas "de lá" dizendo que aqui existam problemas piores.

Todos são problemas. Maiores ou menores. Problemas.

Olhar somente para o "umbigo" é egoísta. Olhar somente para o externo é fugir ao interno. Mas ambos são a nossa realidade. 
Vivemos o terror todos os dias. De forma velada. OU NÃO.

E ele pode começar bem perto de nós. Em nossa casa. Com cada pequena atitude.

Em nossa empresa, comunidade, com nossas pequenas ou grandes atitudes.

Nós somos atores do mundo que vivemos. Não importa o papel que atuamos. Ou deixamos de atuar.

E FICA LIGADO: o terror, a segurança, a violência, viraram temas banais.



Li em muitas de muitas leituras que já fiz, um artigo do Fischer (Luis Augusto), intitulado “O TERRORISMO QUER O TERROR.” Sensacional. Veja: http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/proa/noticia/2015/01/luis-augusto-fischer-o-terrorismo-quer-o-terror-4691268.html


Violência e segurança tem relação com isso? E a violência é parte do terror ou ela gera o terror?


gaucha.clicrbs.com.br

Quando o Chefe da Polícia Civil do Estado pensa assim, a gente pode efetivamente dizer: "Hello?"

Não “tô entendendo” nada. E paaaaaaara o mundo que eu quero descer.


Nós somos do mal. E PONTO. Ponto?



Somos todos capazes de fazer o mal, já disse Alex Maslam, que fala sobre o livro “A Assustadora História da Maldade”, de Oliver Thomson.


Caso Bernardo. E Isabela. Somos nós?

Prova disso, talvez seja o “Caso Bernardo”. E a frieza de um pai. E o “Caso Isabella”. Opa, de dois pais.



Porque eu sou pela democracia e a liberdade de expressão, EU SOU CHARLIE HEBDO. Sempre. Pela liberdade de expressão, nunca pelo terror.

E cuidado com os falsos líderes. Ou líderes do mal.


O que isso acima tem a ver com o tema? Segurança, psicopatia, terror. Falta de amor. Tudo junto.



Veja isso (Comercial HITLER, da Folha de São Paulo): https://www.youtube.com/watch?v=HehJm4UFL60

Neonazismo nos nossos dias? IRRACIONAL. O RESULTADO DISSO TUDO?

noticias.uol.com.br




Anjo Aylan... é tão triste isso! Crianças morrem por nossas ações "adultas"...

... tão adultos arrogantes que somos, obrigando situações desumanas a existirem.

Guerras pelo poder, pelo dinheiro, arrogância e prepotência...

SOMOS SERES TRISTES, DITADORES E BURROS. Como deixamos isso acontecer?

É ISSO QUE FALO. Sobre o Jornalismo que nos abre a mente. JORNALISMO BOM.

Informar fatos não deve nos chocar negativamente no sentido de criticar a quem os comunicam, os fatos. Comunicar é alertar.

Devem nos chocar a gerar movimentos de mudanças, inclusive e especialmente MUDANÇAS E MELHORIAS CULTURAIS. Isso não deve doer.

Que nos emocionem, nos façam chorar. Mas nos movimentem. Para a mudança.

NÃO SEJA PRECONCEITUOSO. Respeite a todos. Brasileiros ou quem aqui quiser ficar.

Não determine atitudes de pessoas, em prol de uma religião extremista. Que divide.

Uma criança-anjo Aylan. Um nome que pode ser derivado de Alan, talvez. E significa...

... gracioso, amável. E a partir dessa semana, pode significar MUDANÇAS.

Força aos parentes desse anjinho. E força a todos nós. Que ficamos e precisamos MUDAR.



Por dentro da mente dos psicopatas, VOCÊ CONSEGUE?


E veja. Existem boas pessoas. Acredite. EM VOCÊ: https://www.youtube.com/watch?v=nm7Bnh_qeh0


Somos todos terroristas do terror. Patifes e debilóides.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email