O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

domingo, 13 de setembro de 2015

Gente que não consegue ficar só




Hello: Antes mal acompanhado do que só? Sério que você acredita nisso?

PENSE MAIS SOBRE ISSO.


Estar só e curtir coisas que só você mesmo consegue curtir com você mesmo é show! Vivemos em uma época estranha: pessoas que preferem estar mal acompanhadas do que sós, refletem uma questão de baixa auto-estima, possivelmente.


Estar só não é estar solitário se você tiver conteúdo, cultura e uma história, mesmo que seja recente. Mas que seja História com "h" maiúsculo.

Sabe... difícil confiar em quem se apaixona em 5 segundos. Porque se a paixão VEM assim, ela também pode IR assim. Pá e Pum.

Construa sua vida EU SOU. Não seja um aplicativo de outros.

Ah, e olha só: tem um texto de Martha Medeiros que na minha modesta opinião, é um dos melhores dela ("Gambá com gambá"). Talvez porque eu concorde do início ao fim, com o mesmo. Sei lá.



Sempre disse: amo as diferenças. Em amigos, trabalhos, na vida... a diversidade é enriquecedora.



ABRE A MENTE. AS DIFERENÇAS. NOS FAZEM RESPEITAR.

Mas nos relacionamentos... NO WAY. Desculpa. Não me imagino intimamente ao lado de um lindinho (por mais lindinho que seja) que goste de sertanejo. De música com letra "bagaça". E até da música "brega-chique". Ou que não aprecie esportes. Nem que seja para assistir no Esporte Espetacular, da Globo.



Vinho mais que cervejaaaaada. Espumante vale. Mas vinho... tem poder.

Leitura, cinema, teatro, esportes. ECLETISMO ELEGANTE.

No way gente preconceituosa, mas no way gente sem limites. SEM NOÇÃO.

Inteligência é e sempre foi, afrodisíaco. GENTE QUE PENSA. É GENTE QUE FAZ.

Gente mal educada, não dá. Agressiva em posts, não dá.

Mas inteligente na sua opinião, que sabe se expressar.

Que saiba escrever, meu Deus! Que não erre na cantada por um português deplorável.

Não sabe o que é deplorável? Tô "tiste". Não dá. Leia mais. E faça mais.

Indico:

Barry Schwartz e seu livro “O Paradoxo da Escolha”: https://www.youtube.com/watch?v=NYOkqgpf6dc

Fabrício Carpinejar e seu artigo “Separações líquidas”: http://carpinejar.blogspot.com.br/2014/06/separacoes-liquidas.html

A lenda ou estória sobre “O Fio Vermelho”, veja Akai Ito: http://www.cacadoresdelendas.com.br/japao/akai-ito-o-fio-vermelho-destino/


E pense a respeito, criatura.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email