O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Imprensa Livre e Jornalistas





Nunca entendi a raiva exagerada contra a rede globo. Ou com a imprensa em geral.

Alguns que defendem essa raiva, dizem que a imprensa é tendenciosa, que manipula. Manipula o que ou quem?

Mas ué? As pessoas não sabem pensar, analisar, avaliar? Se as "massas" não sabem, o erro está na imprensa ou na falta de educação e estímulo ao pensar?

Defendo sempre uma imprensa livre, em luta da informação. Imprensa não forma, INFORMA.

E por favor: claro que toda opinião pode ter tendências. Ora pois, até um médico ao dar um diagnóstico, independente de seu conhecimento científico, emitirá uma opinião.

O mundo é feito de opinião. Quem não a tem, não existe. Mesmo uma opinião neutra, é uma opinião. Quem disse que opiniões devem ser fechadas em si mesmas?

O que me convence ou não, é a ARGUMENTAÇÃO. Essa é mais importante que a opinião. Essa é a minha opinião. Ou seria o meu argumento?

E é isso que estimulo: O PENSAR. Qualquer um que me fizer pensar, tem o meu respeito. Pensar com educação, tolerância e principalmente, argumentação. E isso, na boa, só existirá em uma sociedade que respeite a democracia.



E OS JORNALISTAS? Não. Não mesmo.


Não é porque tenho dois Jornalistas na família. Não mesmo. 


Também não é porque comecei a facul de Jornalismo e não terminei, mudando para Publicidade e Propaganda. O que é uma lástima.


Eu amo Jornalismo. Já tive programa de rádio, escrevi para jornal, revista, sou blogueira. Mas não sou Jornalista, sou da Comunicação.


Tenho vários amigos Jornalistas. E nem por isso, não.


O meu "não" é uma justificativa prá dizer que não é por nada disso acima que amo e respeito muuuuuito o Jornalismo. E os Jornalistas.


É porque, geeeeeeente, se liga só: eles são quase os bombeiros da informação. Cara! Eles fazem a informação chegar prá gente, e SIM... 


...mesmo nos nossos dias, e diria, AINDA MAIS nos nossos dias, quando todo mundo acha que sabe de tudo, confiabilidade é que fala mais alto. Por isso, respeite o jornalista.


E transcrevo uma parte do que a Marta Gleich cita em um de seus textos de Zero Hora. Veja essa parte:


"........Há um provérbio latino que diz “ne nuntium necare”, ou “não mate o mensageiro”. Ele só trouxe a informação, não a criou....."

Jornalista é nosso maior mensageiro. O bombeiro salvador da informação. Ele não coloca fogo. Apaga o incêndio.



Sempre digo: valorize o bom Jornalista. O Jornalista com postura profissional e ética. Separe o bom Jornalismo, do Jornalismo de interesses pessoais. 


E de novo: pare de dizer que a Globo, a RBS, a Bandeirantes, a Record ou sei lá quais outras marcas ligadas a informação têm interesses de sei lá o que...

... daquelas coisas doidas que ás vezes circulam por aí, e a gente nem sabe de onde surgiram. Do tipo "Teoria da Conspiração". 


Como empresa, elas têm interesse, é claro. Imprensa não é filantropia. 


Mas a Imprensa séria, aquela que de alguma forma foi consagrada, é relevante para gerar informação e discussão. Uma discussão necessária e que nos faça pensar.


Você não precisa concordar com tudo, mas uma coisa precisa concordar: acredita na fonte do Jornalista?


Todos os dias, nos deparamos com armadilhas que podem nos incitar a agirmos como condutores de telefones sem fio.


Por isso, sempre avalie de onde vem a informação. Isso se chama... buscar fontes confiáveis. A FONTE. DA INFORMAÇÃO.


Tem muita gente aqui, nesse mundinho incrível da web, repassando informação de fontes "Ué, de onde veio essa criatura?"


Cuidado com isso.


E por isso, ao postar algo, cuidado com a fonte. E se você percebeu que um amigo seu (ou deveria ser amigo, já que você faz parte da rede dele) postou algo estranho...

... seja educadinho: não fica escrevendo barbaridades nos comentários. 


Dá um toquezinho educadinho (de novo) no "in box".


Não é assim que você faria na chamada "vida real" (apesar de que web, hoje, já é vida real): chamaria para cantinho, e daria um "toque" pro amigo?


Menos calor. Mais amor aqui, ó. Nas redes sociais.


E SEMPRE: CUIDADO COM A FONTE. DA INFORMAÇÃO.


Mais uma vez por isso, valorize o bom jornalista. O bom cronista. O bom escritor. Como eu espero ser.



(As imagens desse post fazem parte da excelente campanha de 2015 do FRONTEIRAS DO PENSAMENTO. Tudo de muito bom)

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email