O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Retrocesso e comentários colaborativos



Vivemos na web um campo muito fértil para aquilo que muitos julgam ser a invisibilidade. Ou seja, aqui (especialmente se você cria uma identidade fake) se acha que nada pode “te pegar”. Isso dá margem para os haters de plantão: já falei aqui nesse blog. E isso me parece um verdadeiro retrocesso da civilização.


O retrô me alegra. Mas o retrocesso me entristece.


Obrigada, Obama. Mas continuando, de coisas retrôs só curto a decoração, em essência. E olha que não são todas as peças. E boas respostas estão faltando na web, querido Mister President.


O que é retrocesso? Definição coletada na web:

Ação de voltar no tempo ou no espaço; recuo. Retornar a um tempo obsoleto, ultrapassado: retrocesso cultural. Característica do que começa a entrar em decadência: retrocesso econômico.


Sinônimos de retrocesso: regressão, retorno, recuo, decadência

Antônimos de retrocesso: adiantamento, avanço, evolução


O que reflete retrocesso contemporâneo?

Machismo praticado por homens e mulheres (escola de princesas? A volta de meninas submissas e “boas esposas”? Hello???)
Preconceito, nazismo e terrorismo em pregação mundial (como explicar líderes que defendem a separação geográfica e cultural, a supremacia de raças ou a valorização de um gênero em detrimento de outro? Existe um exemplo contemporâneo no Brasil e nos EUA de líderes políticos assim e movimentos/pessoas que os apoiam, ACREDITE)
Defesa da volta do militarismo (opa... fala sério! A volta do poder dos militares, tipo anos 60? Você está falando sério?)
Poder das igrejas (e diversas crenças religiosas que manipulam a opinião e conduta das pessoas)
Postura de empresas opressoras (como podem existir empresas que ainda agem com uma gestão da era industrial? Não valorizam seus talentos e seu maior patrimônio, as pessoas?)
Falta de valores corporativistas (a não visão econômica embasada por preceitos de meritocracia e empreendedorismo)
Corrupção crescente (latente e indissolúvel, enraizada na cultura das nossas atitudes cotidianas)
Gerenciamento amador do ensino (a educação ainda prega aquilo que não é útil e deixa de lado o prático inerente a uma visão globalizada)
Condições desumanas de saúde e segurança (uma quase total decadência dessas áreas)
Paralisia econômica (gerada pelo retrocesso cultural e social, apesar do acesso a informação)


Seria muito bom se todos praticassem mais o bom senso em tudo que escrevem e comentam. Até para escaparmos disso:


Realmente, o ser humano precisa ser analisado. E já nem é mais pela NASA. É por extraterrestres, hello. Depois não venha com essa desculpinha básica do “bebi demais”! Afinal:


Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email