O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

50 pessoas pararam a vida de muitas e muitas e muitas outras 50


Programas sociais? Sim, eles devem existir. Sim e sempre. A forma de sua distribuição, é que precisa ser revista.

Talvez seja necessário que seja desenvolvida por pessoas com visões diferentes, mas juntas.

Criada por quem pensa nos beneficiados; colocada em prática por quem tem visão econômica. Não política.

É preciso uma visão humana mas menos romântica do ser humano. Porque pessoas são quem corrompem e se deixam corromper por benefícios pessoais.

Independente de ricos ou pobres.

E vamos parar de imaginar ricos como pessoas más e pobres como anjinhos. Caráter não se mede por situação financeira, lindos e lindas.

Citar pobres como sempre bons e ricos como sempre ruins foi uma imagem vendida nos idos da década de 80.

Não pensemos mais assim. Mesmo porque, se pensarmos assim, nos chocaremos contra o maior poder que todos possuímos nas mãos: a possibilidade de empreender.

Todos podem empreender. E ninguém deveria enxergar a solução para seus problemas, oriunda somente do "rei".

Sempre defenderei a administração privada e o empreendedorismo. Eis a solução sempre.

Acredito em governos com visão assim, assessorados pelo compartilhamento com visões mais humanistas.

Isso é possível. Por isso o meio termo, a mistura, sempre é legal. O radical é que não é. Só é miopia.

Isso chama-se arrogância: todos são obrigados a acreditar e querer o que eu quero. E se não fizerem o que eu quero, vou contar para a mamis.

Você tem o direito de se manifestar. Mas nunca de impedir quem não acredita no mesmo que você, de viver. Veja: http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/manifestacao-bloqueia-avenida-maua-na-entrada-da-capital-180219.html

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email