O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Rir de rachar a placenta




Tem dias que você ri tanto, seja de coisas que aconteceram (e não pode contar)...

... ou de coisas que acontecem na hora, e só você vê. Sabe em uma festa, quando você observa pessoas e vê algo ridículo ou surreal?

E você olha prá pessoa do lado, que viu o mesmo que você?

E você começa a rir que nem um louco, e ninguém entende do que você está rindo?

Pois então. E todo mundo quer saber do que você está rindo e você não consegue contar?

Daí todos começam a rir também (e provavelmente de você)?

Pois então de novo. Isso não tem preço. Você tem a sensação de que vai morrer de tanto rir.

Isso é muito bom. Dizem que é a alma rindo. Só pode.

E todos querem entender, e quanto mais perguntam, mais você ri. É gente ficando braba com você, gente rindo... sem explicação.

Quando você ri muito, segura a bexiga, peloamordedeus! Eu consegui... segurar!

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email