O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Pessoas que matam pessoas (deletam, excluem, bloqueiam, FOGEM)





Sempre gostei de escrever. Escrever para mim, é terapia. Já devo ter falado sobre isso.

Tenho períodos que escrevo mais. Não sei o que determina isso, mas acho que quando estou no meu normal (triste ou feliz), escrevo mais. Independente do que esteja acontecendo em minha vida. Escrever é como lavar minha alma. É expressar o que sinto. E como sinto!

Nesse texto, disserto sobre gente. Estranha gente. Sabe, tenho encontrado muita gente psicopata social. Alguns casos que vivencio, outros que me contam. Ás vezes damos o nome para isso, nome não tão técnico, de “dedo podre”.

Ok, hello. Tem alertas prá isso. Você não é burrinha. Você apenas acha que... não é isso. Que não pode ser. Que é apenas uma impressão, vamos dar uma chance. Ok, ok, ok... Só que não. Seu instinto, que merda, estava certo. POR QUE, por Jesus (tadinho dele), você não ouviu seu instinto? Pare, agora! Ser enganada não é ser burra. É dar uma chance prá vida, P....! P.Q.P. !!!

Se não acreditarmos nunca, o que será da vida? Afinal, viver é um risco, né?

E essas pessoas magoam. Magoam. Magoam. Por isso, só com medicação, pessoa. Eu acho.

Ok, nem todo egoísta é psicopata. Mas desculpe, acho que todo psicopata, é egoísta.

Se você é da família, ajude, não largue. Afinal, por algum motivo cármico, você está perto. Mas sem parentesco, não envolva-se emocionalmente. Desculpa dizer. Mas não é fácil mesmo.

Mas saber como, né? Como saber? Ok, em algum momento, a máscara... cadê? Ah, ela cai, e como cai. E aí, minha amiga, meu amigo... cure-se. Cure-se. E cure-se. Vai doer, sim. Porque você criou expectativas. Quem não criaria com certas frases, atitudes, pequenos gestos e detalhes? Quem não criaria se você, de alguma maneira que nem você consegue explicar, passa a ter carinho, quer tipo... estar junto, compartilhar, quem sabe até, viver por um bom tempo e talvez por todo? Mas ei! Se perceber a verdade por trás do lindo olhar profundo, fofa, fofo... não dê desculpes para o egoísmo alheio.

QUEM GOSTA, FICA PERTO. DÁ UM JEITO. A VIDA NÃO É EMPECILHO PARA O QUE SE QUER. Só tem uma coisa que nos impede: o outro não querer.

Se essa pessoa não conseguiu enxergar o seu valor, a sua dedicação e o seu sentimento por menor que tenha sido o tempo, simplesmente, ela nunca vai perceber. E se não perceber, nunca vai lhe valorizar. Nunca vai retribuir, uai. Quer dar amor sem receber? Olha, bem bonito. Mas eu não consigo. Boa sorte.

O egoísmo, a falta de empatia, a “fazeção” de que “eu não tenho nada a ver com isso” são inacreditavelmente doídas. Podem até enlouquecer os outros. É impressionante observar o comportamento de alguém frio.

Senhor... ó querido Deus... lindão Deus amiguinho! Gente fria pode ser que seja bom só prá elas mesmas. Prefiro mil pessoas que “estouram” com coerência do que duas pessoas sem sentimentos. São uma dor prá quem convive. São em essência, MÁS. Pessoas más.

E nunca, nunca, NUNCA, menospreze o tempo de um sentimento. Quem disse que quem ama depois de um ano de convivência, merece mais atenção ou respeito daquele que tentou amar por um mês?

Quem disse que um amor gerado da convivência desde sei lá quando, tem maior relevância? Se alguém conseguir gostar muito de você em pouco tempo, nem sempre isso é carência. Ás vezes, pode ser sintonia de outras experiências, pode ser algo que você nem consiga explicar.

Mas no mínimo, respeite muito essa pessoa. Se ela enxergou algo de valor em você (talvez até algo que você próprio não veja), no mínimo, respeite muito essa pessoa.

E respeito é zelo. Se não sabe o que é zelo, pesquise no google, no dicionário, na vida.
  
E nunca seja um covarde dos sentimentos que você desperta nos outros. Despertou intencionalmente amor, paixão, tesão, carinho ou sei lá o que? Lembra do Pequeno Príncipe? "Tu te tornas eternamente........”. Você já sabe.


Aproveitando essa inspiração bucólica um tanto quanto depressiva, veja o que escrevi a respeito em meu blog sobre romances. Romances surreais, alguns podem ser esperados, desejados, outros, uma dolorosa decepção. Veja: http://bizarrosamores.blogspot.com.br/2015/12/o-leao-que-devorou-fenix.html



Gente má, não acabe com gente do bem. Se bem que... não adianta falar isso prá você. Porque você é desprovida, pessoa, de sentimentos. É GELADA. Como ser, é gelada, pessoa. GELADO. E vai seguir fazendo sempre as mesmas coisas só que com outros (as) personagens.

E GENTE BOA, aguenta o coração. Um dia, em algum lugar, em algum momento. Ele cura. Firmeza! E EI, EU SEI: TER QUE DESISTIR DO SENTIMENTO, de gostar, amar ou seja lá o que seja, é muito dolorido. É desistir de um pedaço de você.

Mas amar (no mínimo gostar) o que não lhe ama, NO WAY. Nem Jesus aconselha, viu? Deus, Buda, ou enfim, qualquer um dos grandões de cima. Não do amor que estou falando aqui. E Namastê!

Como seria bom se mais pessoas tivessem mais disso

E só prá entender o título: 
NUNCA delete, exclua, bloqueie ou fuja de alguém que um dia, você disse que no mínimo, era especial. Prá você.
Isso é o contrário da coragem.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email