O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Quem pensa muito não sente o prazer de se jogar




Quem pensa muito, não casa. Não tem filhos. Não muda de emprego. Não viaja. Não começa o regime. Não muda de nada. Simplesmente, não nada. Precisamos ficar atentos a nossos hábitos que nos limitam.

Às vezes, não tem como enxergar as estrelas, se ficamos embaixo do telhado o tempo todo. O telhado simboliza a acomodação em nossas vidas. As estrelas, uma nova possibilidade.

E tudo que começa, não tem garantias. Como não existem garantias, daquilo que é fixo. Afinal, a vida é um risco. E isso não é ruim. São experiências que nos fortalecem.

E a chuva... ah, a chuva... ela refresca e renova. Depois você se seca, toma um chazinho de limão com mel e está de volta. Com mais anticorpos!

Mas claro: precisamos saber quando se deve mudar. O problema é que ás vezes levamos uma vida inteira para fazer isso. E nos perdemos de nós mesmos.

A gente só precisa saber o nosso tempo. E tomara que seja um tempo dentro do tempo necessário. E possível quando envolve outros. Porque o tempo, nunca espera.

Somos feitos deles, dilemas! Mas a resposta já está na gente. O que nos causa a dúvida, em essência, já é a resposta.

"Somos assim: sonhamos o voo mas tememos a altura. Para voar é preciso ter coragem para enfrentar o vazio. Porque é só no vazio que o voo acontece.

O vazio é o espaço da liberdade, a ausência de certezas.

Mas é isso o que tememos: o não ter certezas. Por isso trocamos o voo por gaiolas. São o lugar onde as certezas moram."


(Rubem Alves)


Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email