O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Dá prá ser, cabeçudo?




DÁ PRÁ SER? Nossa...

Além do que já estamos vivendo e ainda do que vamos viver pela frente... UAU... problemas econômicos resultantes de problemas políticos... percebem-se visões estranhas e irracionais na web. É uma manifestação do pensamento das pessoas, OK. Só que não.

Percebe-se uma "guerra" (ou batalha, porque uma guerra é composta de batalhas) entre pessoas que defendem uma visão de direita e outra de esquerda.

E entre elas, existem pessoas que não tem defesas de partidos, sejam de direita ou de esquerda.

Pessoas que acreditam em uma postura menos emocional e apaixonada, independente de partidos.

DÁ PRÁ SER?


Uma visão mais viável de vida = que estimulam o crescimento. O empreendedorismo e a iniciativa privada, sem ser de direita.

Uma visão mais justa de vida = que estimulam a visão coletiva. O bem social como um fator de humanidade, sem ser de esquerda.

Você consegue entender isso? EU SIM. Por isso, não sou nem um, nem outro.

Em cima do muro? Se liga, cabeçudo! Não! Simplesmente existem pessoas que acreditam que não existem bandidos e mocinhos puramente.

Existem ATITUDES. Pessoas que administram ações.

DÁ PRÁ SER?

Empresas e instituições (públicas ou privadas) são feitas de PESSOAS. Se algum partido se encaixa nisso? Realmente, não sei. Mas por favor, vamos parar de discutir se somos de direita ou esquerda. Vamos parar de perder pessoas amigas por questões tão infantis.

DÁ PRÁ SER?

Tenha convicções, acredite em seus propósitos, e saiba discutir.

Sendo de direita, esquerda, centrista ou apenas querendo um mundo melhor.

DÁ PRÁ SER?


E do grande GABRIEL, O PENSADOR:

Entregue à própria sorte, nessa selva, onde a lei é a do mais forte, indefeso, carregando todo o peso

O homem não consegue suportar

Não sabe como lidar com a vida que a vida lhe dá
Está de mãos e pés atados, incapacitado de fazer o que é capaz
Jaz morto-vivo no mundo
Reduzido a vagabundo
Sem poder sorrir, sem poder sonhar, sem poder,
Sempre no mesmo lugar
Sem trabalho, sem sustento, sem moral
Rendido, ao relento, feito um animal
"Eu vejo que ele berra, eu vejo que ele sangra
A dor que tem no peito, pois ama e ama...
Não dá pra ser feliz, não dá pra ser feliz..."
O destino testa a sua paciência
Instigando o seu instinto de sobrevivência
Vergonha, estresse, medo
Engolindo seco, respirando azedo
O bicho-homem atrás de migalha
O homem-máquina precisando de batalha
Desativado, vivendo de favor
Lutador que não pode jogar a toalha
Tentando manter sua dignidade
À procura de uma oportunidade
Na guerra contra o tempo tá ficando tarde
Inocente cumpre pena num sistema covarde
"Guerreiros são pessoas tão fortes, tão frágeis
Guerreiros são meninos no fundo do peito...
Não dá pra ser feliz, não dá pra ser feliz..."
O homem, bicho, domesticado, se vê desesperado se vê sua ração no mercado
Mas não pode pagar
E vê sua razão sem saber o que falar
E a necessidade lhe dizendo pra comer
Custe o que custar: matar, morrer...
"O homem também chora..."
O homem não é fera
Foi jogado fora
Foi violentado em seu direito de viver
Vive sem vontade, morre sem saber
Perde o equilíbrio, cai
Se destrói
E o mundo se distrai
O mundo se desfaz com tanta disputa
E faz que não escuta
A sua voz que diz:
"O que será que eu fiz? 
Só tenho cicatriz
Não dá pra ser feliz"
"O homem se humilha se castram seus sonhos
Seu sonho é sua vida e vida é trabalho
E sem o seu trabalho o homem não tem honra
E sem a sua honra, se morre, se mata
Não dá pra ser feliz, não dá pra ser feliz..."




Ainda:

Pode ser? Fica mais "tranquilo"!

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email