O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

domingo, 25 de setembro de 2016

Politication Dick Vigarista



Fé transformada em arma de manipulação. Pessoas, usem mais o cérebro. Não sejam massa de manobra. AMEM. E amém.

Quem tem mais de 35 ou 40 anos, vai lembrar de um desenho engraçado (eu queria ser a Penélope Charmosa), chamado "Corrida Maluca". Pois acompanhe o raciocínio.

Existia uma personagem, o Dick Vigarista, que nunca ganhava as corridas, mas sempre atrapalhava os que estavam na frente.

Pois onde quero chegar?

Senhores candidatos e candidatas: não façam isso em casa. Pois assim como eu, outros pensam: "Quem precisa falar mal dos outros, será que tem uma proposta real e interessante para minha cidade"?

Por uma campanha justa e limpa. Com conteúdo e discussões sérias. Precisamos da honestidade e do cérebro de vocês, homens e mulheres públicos.

NÃO SEJAM DICK. Por favorzinho, Mutley.

E pessoas que são mortais, não envolvidas no "Mundo Fantástico de Bob", digo, na política politication partidária: está mais que na hora de avaliarmos o que nossos políticos ganham. Salário? Benefícios?

E pense nisso: Político eleito é um profissional? Partido é maior que o candidato?

Minha resposta: NÃO. NO WAY. Não da forma como é na terra Brasilis. Mudança do sistema é vital e urgente. Mudança necessária no Brasil que não deveria ser Brasilis. Veja esse exemplo: https://catracalivre.com.br/geral/mobilidade/indicacao/em-londres-prefeito-e-vereadores-ganham-vale-transporte-e-nao-tem-direito-a-carro-oficial/

Ah, e pense nessas duas questões, ainda:
Não vote por votar. Não vote em quem tá ganhando só porque tá ganhando. E principalmente, não relativize as situações.
O maior politizado não tem partido ou lado só por ter. E sabe discutir e argumentar com quem pensa diferente. Quer trocar ideias, não vencer discussões.

E veja essa: Carmen Lúcia. Sua excelência. A rainha do povo. Uma mistura de franciscana com espartana. Tudo que o Brasil precisa agora. O que se espera, é que ela seja, de verdade. Na verdade.

Se ela for tão assim, eu sou Carmen Lúcia. Com hashtag ou sem #.
Pelo discurso dela, #eusoucarmenlucia.

O discurso dela, envolve isso (uma visão espartana):


Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email