O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Tô nem aí! Mas peraí...




Você já deve ter escutado essa expressão. Ou dito popular, sei lá. O que importa, é seu significado. “Quem desdenha quer comprar”. Interpreto assim, ó: às vezes pareceremos não estar nem aí, mas tá doendo. Por dentro. Será que vale a pena? Parecer estar bem, quando sabemos que não?


Gosto do som do Eminem. Um monte. Mas na boa, penso um pouco diferente da visão acima. Ser frio ou indiferente pode ser uma demonstração de falta de zelo. Ou insegurança, talvez. E quem sabe, arrogância? Não saber o que se quer? Não sei.

Isso vale para suas relações profissionais ou pessoais. Não tem essa. De timidez ou frieza. Isso é falta de atitude. E falta de atitude, é desleixo. Com suas convicções, com suas vontades reais, com as pessoas.

Já vi muita gente ser demitida e dizer: "Queria mesmo"! E na verdade, está chorando por dentro.

Já vi muita gente não ser contratada e dizer: "Essa empresa nem é tão boa assim"! E na verdade, está chorando por dentro.

Já vi muita gente perder uma amizade por ter sacaneado a amiga e dizer: "Essa amiga era uma chata, mesmo"! E na verdade, está chorando por dentro.

Já vi muita gente perder um amor e dizer: "Não era prá mim. Tenho outras opções"! E na verdade, está chorando por dentro.

Por isso, enquanto é tempo, diga: EU QUERO ESSE TRABALHO. Eu quero isso. E posso tentar de novo?

Enquanto puder, manifeste seu querer. Porque nem sempre, a vaga será sua. Saiba que está tentando enquanto pode. E daí, espere. Eu sempre faço isso. Digo que quero e o que quero.

Vivemos em um mundo de arrogantes que não manifestam a verdade do que querem. E perdem muito com isso.

Tá bem, você pode não querer. Mas então, não chore depois. A gente tem a tendência de só valorizar o que não tem, sem perceber que já teve. Nos cegamos perante as evidências. E abrimos os olhos, tarde demais.

Todos somos “muito assim”. Parecidos em nossas inseguranças, arrogâncias e faltas de definições. Queremos tudo, e não buscamos nada. E daí, nos conformamos perante a nossa realidade. 

Como se diz de um dito popular: "Assim não dá prá ser feliz." Né, mesmo? 
TROQUE o "Tô nem aí" pelo "Eu tô aqui". Que tal?
 E vamos vivendo a vida, nas relações pessoais e profissionais, fazendo de conta que não estamos nem aí. 
E na real, todos estamos, people.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email