O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

A palavra é o seu maior patrimônio



Essa foi a frase mais marcante que meu pai me falou, a muitos anos atrás. E tento seguir esse ensinamento a risca.

E outra: acredito que a gente consegue ver a alma das pessoas, através do que elas escrevem.

Sim, existe sexto sentido até mesmo virtual. E normalmente, ele não falha. Existem certas palavras que demonstram completamente nossa essência. E se pararmos para observar padrões de comportamento no que se escreve, podemos sim, perceber seres que são da nossa “tribo”. Podemos nos enganar? Talvez. Mas se revisarmos, lá atrás, alguma palavra expressada, é só montar o quebra-cabeça. Não há mentira que dure para sempre, e verdade que nunca apareça. A gente deixa um pouquinho da gente mesma, nas palavras que escreve.

E nesse mundo virtual, o que seria o Second Life e o The Sims, por exemplo?

O Second Life é um ambiente virtual e tridimensional que simula em alguns aspectos a vida real e social do ser humano. Foi desenvolvido em 2003 e dependendo do tipo de uso pode ser encarado como um jogo, um mero simulador, um comércio virtual ou uma rede social. O nome "second life" significa em inglês "segunda vida" que pode ser interpretado como uma "vida paralela", uma segunda vida além da vida "principal", "real". Dentro do próprio jogo, o jargão utilizado para se referir à "primeira vida", ou seja, à vida real do usuário, é "RL" ou "Real Life" que se traduz literalmente por "vida real". Veja: https://www.mainlandbrasil.com.br/

The Sims é uma série de jogos eletrônicos de simulação de vida, criado pelo designer de Jogos Will Wright e distribuído pela Maxis. Com o lançamento inicial do primeiro jogo em Fevereiro de 2000. São jogos onde se podem criar e controlar as vidas de pessoas virtuais (chamadas de Sims). O jogo atraiu legiões de fãs, devido a sua simplicidade e objetividade. Veja: http://www.youtube.com/watch?v=NZv0vRO9u5c

Quanto custa a confiança?

Confiança não se cobra. Se conquista. DIARIAMENTE. E pode desmoronar quando julgamos a outra pessoa incéfala, não respeitando-a como ser pensante, querendo conscientemente ou inconscientemente que ela seja uma foca: bata palmas prá tudo que fazemos.

Isso vale prá tudo, na vida: negócios, profissão, amor.

Não cobre da outra pessoa porque ela não confia. AVALIE E OLHE NO ESPELHO SE SEUS COMPORTAMENTOS, SUAS ATITUDES CONDIZEM COM SUAS PALAVRAS.

E se existe esperança nisso? YES, existe. A gente sempre acredita (ou ao menos, é bom acreditar) que pode confiar. CONFIAR E ESPERAR, como o Conde de Monte Cristo.

Dica de cinema: http://www.adorocinema.com/filmes/conde-de-monte-cristo-2002/conde-de-monte-cristo-2002.asp

Mostre a sua essência, MOSTRE-SE POR DENTRO. Mas lá dentro, seu esqueleto não está sozinho. Não mesmo.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email