O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Armar a população?



Sei que parece demagogia o que eu vou dizer, mas acho que a solução continua sendo a educação.

OK, concordo, a violência está "além da conta", é fato. Mas entre armar e não armar, fico com a segunda.

Numa época em que pais estão matando filhos, maridos esposas, alunos agredindo professores, o "escambau", e a violência parte do próprio lar, sei não. Suicídios e homicídios não são mais requisitos de bandidos, não. Aliás, onde estão os bandidos?

Não seremos nós um pouco bandidos?

Armar a população pode significar dar a arma para o bandido. Uma vez que a gente não sabe mais onde estão os bandidos e onde estão os mocinhos. Mesmo porque, normalmente os mocinhos, não sabem usar corretamente essas armas.

Provavelmente, alguns vão discordar de mim, mas ninguém me convenceu do contrário. Então, sou contra o armamento. Sou a favor de educação + esportes e criação de mais programas com foco na saúde mental da população. Ocupar o corpo e a mente, de forma sadia, pode ser o melhor caminho.

Caminho demorado sim, mas mais saudável e eficaz para gerações futuras, já que atualmente, a gente não conseguiu dar conta do recado.

De uma forma ou outra, somos culpados. Nem que seja, incentivando mais o egoísmo e egocentrismo: o TUDO É PARA MIM e EU SOU O TUDO.

Mais coletividade, menos EU SOU O THE BEST. E o coletivo, faz a força. Aprendamos com outras culturas.

2 comentários:

Gedilson disse...

De certa forma a população já esta sendo armada, pelo tráfico de armas(eu particularmente chamo de tráfico de morte).
É um absurdo a facilidade que as pessoas tem de comprar uma arma de fogo na América do sul, segundo o Él país:

Qualquer criminoso, até o mais imbecil, tem acesso a uma pistola e até um fuzil. Nem falar das narcoguerrilhas e do crime organizado; estes carregam lança-foguetes como qualquer espanhol leva um pão.

O problema da violência é mais complicado do que se imagina, mal posso indicar uma forma de resolvê-lo.

rebeca disse...

Concordo q devemos armar a população, através da educação.
Mas armar com novos conceitos, novos princípios, novos sentimentos.

A arma do Amor é a mais eficaz, e está sendo pouco usada. Violência gera violência e paz gera paz.
Pessimismo gera pessimismo e otimismo gera otimismo...

É difícil distinguir entre mocinhos e bandidos, concordo, mas se olharmos todos com desconfiança, e não acreditarmos na força do Amor, então qqr dia não haverá mais mocinhos...

Bjis.
Saudades de vc.

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email