O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Mulheres legais não querem ser focas



Calma... no final desse texto, explico tudo...

O que acontece durante a tpm que deixa as mulheres tão irritadas?

Nossa, não pergunte isso para uma mulher, QUANDO ELA ESTIVER DE TPM, PÔ! E você foi me perguntar isso, logo hoje? Ai, tá me irritando!!!!!!!!!!!!!!!!! Tô sem paciência (Epa! Você já percebeu que estou exatamente, no auge da minha, né?). Mas o que acontece, afinal? Ficamos loucas! E mais: "Exclusividade feminina, a menstruação já incomodou muito as mulheres no passado. Claro que ainda há as que sofrem com os sintomas da tensão pré-mentrual, as cólicas ou se privam de algumas atividades, mas os especialistas são unânimes: dá pra acabar com o mal-estar e passar sem a salada de dores e confusão de sentimentos todos os meses." Agora, veja se compreende e não pergunta mais, tá? PUXA, TEM QUE TER PACIÊNCIA!!!!(Essa é só uma demonstração de como a gente fica..... Brincadeirinha, amigos. Eu sou “miga”, nunca esquecendo). Mas, simplificando, ficamos irritadas porque é um período de mudanças hormonais. Só sendo mulher prá entender... Ai, tô precisando chorar. Com licença. E veja mais: http://www.mulher.palpitedigital.com.br/tpm-tensao-pre-menstrual-o-que-e/

E para as “migas” leitoras, você gosta de ser mulher?

SIM, eu ao menos, adoro ser mulher. A gente pode ser meiga, sem ser gay; pode usar salto alto, vestidos justinhos, mostrar o decote, pode correr como uma criança, pode fazer charminho, pode ser forte... Eles abrem a porta prá gente, eles fazem coisas românticas e especiais, eles fazem jantinhas maravilhosas. A gente cabe direitinho no colo deles, ganha carinho. Mas a gente pode ser pega bem forte, de forma visceral, junto ao corpo deles. E PRECONCEITO? Sim, a gente enfrenta, sim, o preconceito. Preconceito por ser f.ê.m.e.a (de feminilidade). Preconceito por ser profissional. Preconceito se a gente decide não ser mãe, pelo simples fato de ser. Preconceito de ser independente demais, competitiva demais, como se isso, não fosse coisa de “menina”. Mas só a gente fica de T.P.M. Ah, isso é só nosso. E nesse período, a gente pode até fazer manha, pode ficar triste, pode ficar mais ainda apaixonada. Eu gosto tanto de ser mulher, que quero voltar mais vezes sendo mulher. Prá poder "usufruir" de novo desses seres tão maravilhosos, os homens.

Eu não sou uma foca. O que quero dizer com isso? Bem, focas aplaudem, aplaudem o tempo todo, tudo. Sem pensar. Sem reclamar. Sem dizer nada que ofenda o coração de “macho” dos meninos.

Desculpe, mas eu não sou foca. Sou uma águia, que acredita que amar vale a pena, com visão de longo alcance. Construindo com meu amor querido. Ao lado dele, nem na frente, nem atrás. Ao lado.

Um comentário:

rebeca disse...

Hehehehe, tb não conseguiria ser foca.

Deus me livre. Aplaudir homem, mulher, chefe está longe de minha ideologia.

Me descabelo, mas sou Mulher.

Bjos!

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email