O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Burrice parte 3: comportamento




Nessas horas, somente a ciência (ou a neurociência) para entender o cérebro humano. Por isso, essa frase do Carl Sagan encaixa perfeitamente:




Se não houver limites para a idiotice, resta isolar-se e estocar alimentos

Esse texto fala sobre a burrice. Mas não se iluda: ele é um dos textos mais inteligentes que vi "por aí". OU POR AQUI. E COMO A  AUTORA DO TEXTO DIZ (SENSACIONAL): "Se não houver limites para a idiotice, resta isolar-se e estocar alimentos."

Ainda, compartilho esse texto do David não pelas dicas de livros, mas porque concordo com sua visão em relação a Academia. Nunca entendi ou entenderei, porque a academia prefere a empáfia à naturalidade na escrita. E em contrapartida, admite erros grotescos, como os que o David cita. Soberba de um lado, intenção de proximidade surreal e displicente do outro? VAI ENTENDER. Veja: http://zh.clicrbs.com.br/rs/opiniao/colunistas/david-coimbra/noticia/2015/11/dez-livros-para-gostar-de-ler-4896456.html?utm_source=Redes+Sociais

E esse é um dos melhores textos que li sobre ética e comportamento social. Sempre digo que o Jornalismo sério e ético fará cada vez mais a diferença, em uma época de redes sociais e informação de todos os lados. A formação é que fará a diferença. E nisso, os Jornalistas com "J" maiúsculo merecem nosso reconhecimento. Amei especialmente essa frase de Cláudia:
"O favor, o jeitinho, a barganha emocional costumam operar onde a lei e as instituições falham. Muitos dependem desses expedientes para sobreviver — e outros para exercer seu poder."
Pensemos, pessoas. Diga "NÃO!!!" ao "Jeitinho Brasileiro".
E essa é a frase de Simone de Beauvoir: "Não se nasce mulher, torna-se mulher". Veja sobre o case: http://g1.globo.com/educacao/enem/2015/noticia/2015/10/questao-sobre-feminismo-no-enem-2015-e-lembrada-nas-redes-sociais.html

Talvez a solução esteja na Filosofia. Veja o que o filósofo Fernando Savater fala nesse texto:
"— Acho que se os jovens aprenderem a prática da filosofia (e não apenas dados, datas e nomes dos movimentos intelectuais, é claro), poderão dar mais profundidade humana para suas vidas e talvez pensar melhor sobre as questões que os cercam."
A filosofia é a mãe de todas as ciências. E ela não é chata. Chata pode ser a pessoa que a transmite. Ou lhe interpreta.

Sempre defendi que nosso maior problema no Brasil, é cultural. E continuo defendendo.
Saliento essas questões, do texto do David:
"O que interessa é que a maioria dos alunos que a leram não conseguiram interpretá-la, seja para concordar, seja pra discordar."
E:
"A nossa percepção é de que a educação tem de servir a outro objetivo, e aí haverá de ser qualquer um:
... pode ser o mais comum, o de ganhar dinheiro, até o mais bizarro...
... o da "formação de quadros", passando pelo supostamente libertário, que é o de "conscientização", que na verdade não liberta: dogmatiza.
O "conscientizado" pensa pela cartilha."
Pois digo:
Primeiro: para se interpretar, precisa-se pensar. Culturalmente, nosso povo tem preguiça de pensar.
Segundo: Infelizmente, muitos pensam que precisam estudar pelos motivos que o David cita, mais especificamente, para "melhorar de vida". Dinheiro.
E tudo isso, é uma lástima.
Um povo é o reflexo de sua cultura. Não adianta. É.
Assim como "torna-se mulher", torna-se um povo melhor. Ou se nasce assim?

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email