O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

domingo, 2 de abril de 2017

Colaborador ousado: SIM ou NÃO?



Sim.
Todos acham bonitinho.
Dão força.
Mas experimente ser ousado.
Experimente.
Vivemos hipocritamente um faz-de-conta de autenticidade que poucos querem.

Em equipe ou individual?


Times de futebol: entre concursos de beleza ou incentivo a formação de torcidas organizadas, com concursos para equipes ao estilo escolas secundaristas americanas, o que você prefere investir? A formação de torcidas organizadas estimula o espírito de equipe. Lembre-se disso.

E um conceito muito discutido atualmente, é o OP. O colaborador do tipo OVER PROTECTIVEDAD pode fazer a diferença.

Negativamente. Porque é conservador demais. Não se abre à mudanças. Não quer o novo. E trabalhar em equipe, para ele, não é vital.

Sofre da "Síndrome de Gabriela". Sua frase-guia é: "Em time que está ganhando, não se mexe".

Não assume, mas tudo que ele quer, é manter o status quo de uma situação que não mais se sustenta.

E só quer, em síntese, a manutenção do que ele considera necessário. Mas que não é. Mesmo.

Privada ou Pública? Empreender! Equilibrar-se!


Emprego. Uma das palavras mais desejadas dos últimos tempos. Ter um. Mas uma questão importante: porque ainda existem pessoas que não valorizam quem os geram?

E é claro que quem os geram não é o governo. São os empresários. Que sejam empreendedores, então.

Problemas com o “chefe”? Por ser pró-ativo? Oi?


E quanto mais você trabalha, quanto mais colaborativo você for, SINTO DIZER...

... mais você sofrerá. Porque alguns chefes sempre serão chefes. Não líderes.

O motivo? Freud explica. Não é Jung. É Freud. Maslow dá uns pitacos. Leia isso:
http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2015/05/veja-15-sinais-que-indicam-que-voce-tem-um-chefe-terrivel.html

E falando em líderes. Ou “chefes”?


Líderes fizeram a história da humanidade. Para o bem. Para o mal.

De alguém que lhe norteie? Sim, é fato. É confortável. E necessário. Mas no momento que amadurecermos e entendermos liderança não como uma forma de superação e arrogância perante pessoas e grupos, e sim como um ato de grandeza e gentileza, seremos melhores todos como um todo.

Sugestão: leia sobre a liderança dos lobos. Porque sempre podemos aprender.

E leia a estória da cerveja. SQN. Leia: https://www.papodebar.com/cerveja-filosofia-de-vida/



Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email