O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Sem Verdade = NO WAY



O que está por trás de você, Tia Marca?

Vamos fazer de conta que essa é uma carta de um consumidor, diretamente para uma empresa:

“Senhora Dona Marca (marca de qualquer produto, serviço ou situação)!

Estou lhe escrevendo porque quero saber o que está “por trás” de você. E na verdade, pela frente. Dos lados, acima, abaixo.

Sabe, a muitos anos venho consumindo, consumindo e consumindo. Algumas coisas mais, outras menos. E estou sendo fiel (na maior parte do tempo), mas ando cansado de você. Cansado de não saber de fato, quem é você. O que se esconde na alma dessa marca? Quem de fato, faz essa marca?”

Na verdade, cada vez mais pessoas querem saber a essência das marcas, seus atributos, sua origem, suas verdades. E esperam que as atitudes não tenham divergência com as palavras bonitinhas, normalmente pronunciadas em sua comunicação.

Sabe o caso Unilever? Divulgar a marca corporativa junto aos produtos, mostrando a alma desses produtos, foi um ato inovador dessa marca, e que muitos bons frutos está trazendo a ela, INCLUSIVE, em termos de faturamento. Ou seja, divulgar a marca gera negócios, vendas. Por meio da marca corporativa, pode-se divulgar os valores e compromissos sociais daquela marca. E de qualquer outra marca. E daí, as pessoas se identificam com essa marca. E compram tudo que vem através dela.

Olha o que achei na internet:

As empresas expressam a sua individualidade através da sua identidade e com esse propósito criam expressões visuais e verbais. À medida que os produtos e serviços se tornam indiferenciados, que as novas tecnologias criam padrões de qualidade idênticos, que a competição aumenta e oferece inúmeras possibilidades de escolha, a diferenciação torna-se um imperativo para as empresas. Só uma marca forte consegue ser recordada num mercado saturado de produtos e serviços.

E veja o que encontrei na Internet, sobre o case Unilever:
Mais: http://www.amanha.com.br/NoticiaDetalhe.aspx?NoticiaID=a01571f6-d995-4268-8046-a3ae86ed7684

Sem verdade = No Way. Não existe construção de marca sem a verdade sobre essa marca.

Um comentário:

Hneto disse...

Taí uma grande verdade que o mercado às vezes "fecha" os olhos. Saudações!

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email