O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Os Estranhos dos Entas


Hedonismo e os Estranhos dos Entas

Ótima matéria, leia depois de ler esse meu texto: http://istoe.com.br/351249_OS+NOVOS+50+ANOS/

Os novos jovens de 50... começar de novo e de novo, adaptar-se às mudanças. Mas o que não pode, é fortalecer somente o corpo e o bem estar e não aperfeiçoar a alma, os valores. Isso... é retroceder.

Hedonismo no limite certo. 
Essa é a grande medida e pedida.

Mas com essa idade, a gente pode cair ou fazer cair no conto do vigário? Todo mundo já caiu no conto do vigário. O conto do vigário é se fazer de santo, e de santo... só o pau oco. Literalmente, às vezes.

Sim. Você, eu, qualquer um. E quando achamos que já passamos por tudo, estamos madurinhos e não caímos mais... ou que pessoas mais maduras não sacaneiam... EITA.

Aí é que mora o perigo. OS ESTRANHOS DOS ENTAS.

Conheço jovens inconsequentes, imaturos, irresponsáveis, inseguros e indecisos. Mas quando junta tudo isso em uma pessoa com mais de quarenta... hello. HEEEEEEEEELLO.

E fica a dica sem hashtag: observe mais. Não julgue porque alguém tem certa idade, que seja confiável. Os piores cacacas que conheço, tem mais de 40 aninhos. Mas na verdade, por trás dessa “sacanagem pré-anciã”, existe o que chamo “as características dos bobinhos do i”. Ou, os ESTRANHOS DOS ENTAS (EE).

Vamos pensar um pouquinho (Telecurso Segundo Grau)?
Esses são os EE´s:

INCONSEQUENTES: Apregoam tanto o “quero viver e ser feliz”, que podem acabar um pouco à la loka
IMATUROS: Emocionalmente sem foco, vão levando a vida do tipo da música do Zeca Pagodinho, “Deixa a vida me levar”
IRRESPONSÁVEIS: Egoístas incorrigíveis, pensam em seu próprio umbigo e só
INSEGUROS: Em função de suas próprias inseguranças (de todos os gêneros, inclusive...), preferem agredir ou fugir a encarar
INDECISOS: Acham que podem construir relações como se tivessem 25 anos. Não c.... nem desocupam a moita

E de quebra, os EE´s tornam-se insuperáveis na arte da manipulação emocional. Simplesmente porque para eles, beirando a dita época que deveriam estar mais sábios, abrimos a guarda. Por isso, a esses seres estranhos dos 5 “i´s”, resta procurar pessoas com menos experiências ou com menos anos de vida... quem sabe a essas, ainda impressionarão. E elas, por sua vez, se cobrarão dos bobinhos, por nós. As Entas Meninas Poderosas. Que podemos ter nossa fase de “Enta Anta”. Anta, sim. Mas só uma vez.

Tá bem, não vamos generalizar. Homens maduros e seguros, com uma experiência rica de vida, com conquistas profissionais e de carreira, com realizações pessoais e histórias concretas, passado bonito construído, amizades construídas solidamente inclusive com suas ex esposas, namoradas e affairs com belas histórias, que não escondem você de suas vidas, não se encaixam nessa generalização. Homens bem resolvidos são outros quinhentos. BEEEEEEM OUTROS. Homens que sabem o que querem, sem grandes dúvidas ou necessidade de uma falsa liberdade. Liberdade nessa época da vida? É o eterno conquistador dos sete mares? Quando perceberá que a vida não é feita de EU+EU, e sim, de EU+TU?

Existem belos exemplos de belos ENTAS. 
Dos 40, 50, 60 e adiante.

E por que a imagem inicial desse post (tirando o erro de português/você/tu)? Dica dois: o passado do seu candidato a lindinho, conta muito. Saiba suas histórias do passado. Ele é amigo das ex? Ao menos duas ex falam bem dele? Ele abre sua vida para você? O que ele posta nas redes sociais tem conteúdo ou é puramente futilidade? Que tipo de amigos ele têm? Quais os seus projetos de futuro? Ele percebe os erros de suas relações anteriores, e consegue falar abertamente sobre elas? 


Quem não consegue falar livremente de seu passado, ainda está lááá atrás. Nele. Preso a ele. Porque aprendemos com nossos erros, sempre.

E opa, seu bobinho de plantão parte 1: Antes que diga que isso não é um contrato, e que relacionamentos amorosos não são empregos... hello. Em que planeta MIMIMI você vive? Claro que toda relação é uma relação de encontros. Mas a medida que se amadurece, se percebe que relações são sim, mais que “um encontro casual”. Aí é que está. Relações são um contrato à futuro. Por isso, conheça o passado da criatura que você pretende como seu. E nunca se iluda: idade não é atestado de bom caráter. E honestidade, se prova na prática. Não nas palavras.

E opa, seu bobinho de plantão parte 2: Antes que diga que isso são palavras de outra ENTA “mal resolvida”, se liga... as mulheres estão mudando a muito tempo. E se adaptam a essas mudanças com maior facilidade. Porque tiveram que enfrentar muitos outros desafios anteriores: mostrar-se ótimas profissionais e excelentes amantes, além do desafio das mulheres das gerações anteriores, que foi provar que mulheres vieram ao mundo não somente para procriar.

E de presentinho, dicas úteis para você que quer se arriscar na grande aventura de namorar um ENTA 
(Boa sorte, que não seja um ESTRANHO ENTA):

- O que ele fala das ex? Elas sempre tinham problemas? Alguma delas tinha caraterísticas legais? Ele as elogia? Se for algo positivo = 5 pontos para ele.
- As experiências que ele lhe conta são sempre as mesmas? Se ele começa a se repetir, é sinal que tem pouca experiência. Se tem pouca experiência, sinal que não se entrega = – 10 pontos para ele.
- Ele justifica falhas que tenha com você com algo que você faça? Falo de falhas... bem, você sabe. Estamos falando daquilo que todos gostam ou deveriam gostar. Se o lance não é bom, a “culpa” não é sua. Nem tão pouco é falta de química. É falta de prática. E falta de prática, depois dos 40... desculpa... = – 30 pontos para ele.
- Que tipo de amigos ele tem nas redes sociais? Fúteis e sem grandes objetivos, que postam só questões rasas da vida? Essa é a forma como ele de fato, pensa. Não adianta justificar que ele aceita “todos os tipos de inteligência”. Os iguais se atraem. Dize-me o que postas, que te direis quem és = – 5 pontos para ele.

E então... resultado negativo? Bem, não me venha com “mas”. Aliás, “mas” é uma expressão que os ESTRANHOS DOS ENTA gostam de falar.

Mas olha... se mesmo com mais de 40 você cair no conto do vigário... não se abomine. Levanta e vai seguir o mundo. Todoooooooo mundo um dia foi trouxa. O que não pode é ser trouxa, o tempo todo. Se você amou quem não lhe merecia ou não valorizou o quanto você pretendeu construir com esse estranho enta, lembre: existem muitos bons atores globais fora da Rede Globo. E não venha dizer: eu avisei. Afinal, dissonância cognitiva é coisa séria... e às vezes achamos que pode ser temporária. Mas em alguns casos, creio que não. Depois que cai a ficha... NO CREO.

Tudo passa. E literalmente, passa. 
Para quem nos deve por não ter agido corretamente... bem... isso, eu já não sei.  

Como disse uma amiga, esses ESTRANHOS DOS ENTAS, na real, são os “HOMENS BEBÊS”. Culpa de nós, meninas. Das mães dos criaturas e de nós mesmas, que mimamos demais os criaturas. EITA.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email