O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Aromas de mim




Já falei outras vezes que a casa da gente tem que ter a nossa personalidade. Sim, sempre. Personalidade é tudo de bom, é deixar a nossa essência estampada de forma visível, visceral, mas sem estar intoxicados pelo eu. A expressão “intoxicados pelo eu”, já foi usada pela Marta Medeiros, nossa querida escritora.


Em uma era altamente egocêntrica, é importante separar personalidade visível de egoísmo exacerbado.


Sim, eu posso deixar a minha essência em tudo por onde passar. Isso é demonstração de personalidade, de firmeza e foco do que realmente somos. Mas não pode ser confundido com “eu posso tudo”, “eu me amo demais” ou “pára o mundo que eu tô descendo”. A gente não pode, a todo tempo o tempo todo, ficar viciado demais na gente mesmo, de forma totalmente egocêntrica.


Ser egocêntrico é considerar que somos o centro do universo. E ora bolas, afinal de contas, não somos.


Goste-se muito, mas não goste somente de você mesmo, o tempo todo. Divida-se e doe-se.


E se você conseguir ser menos egoísta, exale em sua casa um cheirinho gostoso em cada cômodo. Não somente prá você se sentir bem, mas para todos que convivem com você, também imaginarem-se no paraíso. Ah, e veja mais o que encontrei sobre aromaterapia na internet:


Um aroma para cada cômodo

Segundo a aromaterapeuta Mayra Castro, óleos essenciais puros ou resinas e ervas puras queimadas em forma de incenso trazem os benefícios que os princípios ativos desses aromas contêm. Como costumam ser mais caros, os aromas sintéticos saem na frente no mercado. Eles podem não trazer os princípios ativos dos naturais, mas proporcionam o mesmo prazer olfativo. “São perfumes que podem despertar sensações e lembranças através de gatilhos olfativos interpretados pelo sistema límbico em nosso cérebro”, explica. Na hora de escolher entre tantos aromas, Mayra indica quais perfumes combinam com cada ambiente da casa: da sala de estar ao quarto do casal. Confira:

Sala íntima: óleos essenciais de lavanda, capim-limão, bergamota, petitgrain de laranja ou manjerona.

Sala de estar: óleos essenciais de laranja, mandarina, cravo-da-índia, pimenta-rosa, pimenta-negra, gengibre, canela-da-China, manjericão ou noz-moscada.

Sala para estudos ou leitura: óleos essenciais alecrim-do-campo quimiotipo canforado, limão ou tomilho.

Quarto do casal: para dormir use óleos essenciais de lavanda, bergamota, laranja, capim-limão, camomila-romana ou pau-rosa.

Para uma noite de amor: óleos essenciais de ylang ylang, patchuli, jasmim, rosa, gerânio, tribulus, cedros, néroli, sândalo, lírio, íris, frangipani ou palmarosa.

Para aliviar a congestão nasal: óleos essenciais de hortelã-do-campo, eucalipto glóbulus, eucalipto radiata, abeto siberiano, espruce canadense ou cipreste.

Quarto de criança: óleos essenciais de lavanda, camomila-romana ou laranja-pêra.

Cozinha: para estimular o apetite use óleos essenciais de manjericão, orégano, tomilho, sálvia, cravo-da-índia, canela, pimenta-rosa, pimenta-negra, cominho, turmérico, erva-doce, anis-estrelado ou noz-moscada.

Banheiro: para ficar com cheiro de limpeza use óleos essenciais de alecrim-do-campo, hortelã-verde, eucalipto citriodora, citronela, pinheiro silvestre, cipreste, tea tree ou limão.

Para disfarçar o cheiro de limpeza: óleos essenciais de laranja ou cravo-da-índia

Escritórios e ambientes de trabalho: para estimular use óleos essenciais de limão, cipreste, abeto, hortelã-pimenta, eucalipto radiata ou gerânio.

Para aliviar o estresse: óleos essenciais de capim-limão, bergamota, laranja, mandrina, tangerina, erva-doce, funcho, alcarávia, anis-estrelado, lavanda ou pau-rosa.

Receita caseira de como perfumar a casa sem usar velas aromáticas

Passo 1: Numa panela pequena, leve um pouco de água para ferver em fogo brando.

Passo 2: Adicione à água pedaços de canela em pau (ou pitadas de canela em pó). Se gostar, adicione também cravos-da-índia e cascas de limão, laranja ou maçã.

Passo 3: Deixe ferver pelo tempo que desejar, tendo o cuidado de completar a água da panela.



Ah, se eu pudesse, deixava minha essência aromática aqui prá vocês. Garanto que lembraria morangos... misturada com uma pitada de violeta.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email