O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Síndrome do Parque de Diversões




Dizer sempre sim as crianças? Cuidado com a SÍNDROME DO PARQUE DE DIVERSÕES... ou o próximo brinquedo. Não pode-se ter tudo sempre. E um novo brinquedo. E uma nova vitória. E sempre sim. Nunca não. Se você presentear seu filho toda vez que vai ao supermercado, por exemplo, ele crescerá com a sensação que pode ter tudo que quer na vida. E não se pode ter tudo que se quer na vida. Ou sim?

E como superar a frustração que um NÃO pode gerar? Se já é difícil para adultos... imagina para crianças!

Assisti uma entrevista no É DE CASA, com o Fly (coreógrafo da Globo... ah, tá... não diga que ele não é Psicólogo, porque o que ele disse, tem muita lógica) e ele falou sobre a técnica INFALÍVEL de negociação inclusive com crianças (filhos, sobrinhos, netos):

A TÉCNICA DO OLHO NO OLHO. Explique para as crianças. Abaixe-se para explicar, na altura delas. Isso gera empatia.

E elas vão compreender. Elas vão se solidarizar com sua solicitação.

Talvez pais e mães, e especialmente avós e avôs, precisam aprender com tios e tias a dizer NÃO. Ou talvez, não.

E ei, essa tirinha aí embaixo é injusta, é não?


Pare de querer o A MAIS, aquilo que não está vivendo agora. Quando fazemos isso, além de gerar expectativas e ansiedade, não vivemos o momento.

Menos selfie da vida e mais vida de agora.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email