O que você encontra aqui?

Coisas do mundo e conceitos da autora, que tem uma visão contemporânea do comportamento humano.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Massacre alunos do Rio e massacre na Noruega




Massacre 1: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5053315-EI17958,00-Veja+a+carta+deixada+pelo+atirador+antes+do+massacre+na+escola.html

Massacre 2: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/07/acusado-de-massacre-na-noruega-atacou-islamismo-na-internet.html

O que falar sobre a barbárie humana? Tristeza profunda. Pobreza da alma, profunda. Um minuto de silêncio:

1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,20,21,22,23,24,25,26,27,28,29,30,31,32,33,34,35,36,37,38,39,40,41,42,43,44,45,46,47,48,49,50,51,52,53,54,55,56,57,58,59,60.


Palavras, muitas vezes, são desnecessárias.


Mas por que, afinal, o ser humano pratica esse tipo de coisa? O que acontece com a cabeça de pessoas assim, os que se intitulam “salvadores da humanidade”? O que eles acham que são, os “faxineiros morais” do mundo?


Loucos de plantão. O pior, é que esse tipo de louco, parece amplamente, normal. Na real, porque a gente não presta atenção aos sinais. Sim, eles devem existir. Os sinais. Porque afinal, pessoas assim sempre foram “estranhas”. Não diferentes. Estranhas. Talvez a gente só precisasse ter prestado mais atenção a eles. E quem sabe com isso, poderíamos evitar massacres desse tipo. Imbecis massacres.


Fiquemos atentos.


Pessoas assim podem estar onde menos imaginamos. Até mesmo, bem perto da gente. Tentando sair por detrás de um olhar “meigo”.


Criadas por uma sociedade doente. E cada um de nós, tem sua parcela de culpa.


1,2,3,4,5,6,7,8,9,10,11,12,13,14,15,16,17,18,19,20,21,22,23,24,25,26,27,28,29,30,31,32,33,34,35,36,37,38,39,40,41,42,43,44,45,46,47,48,49,50,51,52,53,54,55,56,57,58,59,60.

Nenhum comentário:

EBAAAA! Bom te ver!


Penso, logo, existo. E... se você está aqui, quer saber como eu penso. Se quer saber como eu penso, no mínimo, é curioso.


Curiosos ALOHA fazem bem para o mundo. Então, é nós no mundo, porque não viemos aqui a passeio!


Busco uma visão de longo alcance, sem aceitar verdades absolutas, preservando valores ALOHA, que são o ideal para um mundo mais honesto e verdadeiro.

Assuntos desse blog

Siga-me por email